©2019 by Flávia e Graciela Mayrink. Proudly created with Wix.com

Road Trip Raleigh a Washington via Skyline Drive

Por Flávia Mayrink

Uma viagem simplesmente linda!

A viagem de Raleigh a Washington pode ser feita em pouco mais de 4 horas, se você for pelas rodovias interestaduais. Mas, como falei em outro post, na nossa road trip o objetivo não é chegar rápido, mas sim ir pelo caminho mais bonito. Então, levamos 2 dias para fazer este trajeto.

Deixamos Raleigh no dia 17 de fevereiro de 2020 rumo a Nellysford, na Virgínia. A viagem neste dia foi rápida e pela rodovia US-29 N, pois não havia muito o que ver no meio do caminho. Até havia: o memorial do Dia D, mas ele não abre às segundas-feiras, e como no inverno a piscina que simula a invasão na França fica sem água, deixamos para fazer este passeio em uma próxima viagem à região.

Então seguimos direto para o bed and breakfast onde nos hospedamos, o The Mark Addy Inn. Chegamos lá pouco depois das 16h, aproveitamos para conhecer o lugar e descansar um pouco, pois a viagem principal seria no dia seguinte: Washington via Skyline Drive, uma das estradas mais panorâmicas dos Estados Unidos, que fica dentro do parque nacional Shenandoah.

Para chegarmos ao início da Skyline demoramos pouco mais de 30 minutos. Saímos do The Mark Addy Inn por volta das 10h, então começamos nosso passeio (porque me recuso a chamar de viagem este deslocamento maravilhoso) um pouco antes das 11h. No começo da Skyline, há uma guarita, onde você paga para entrar no parque 30 dólares e tem um mapa com todo o trajeto de 100 milhas, os pontos de parada para observação, banheiros e alimentação.

O tempo de viagem vai depender de quantas paradas você vai fazer ao longo dela (acredite, serão muitas!), mas não será menos de três horas, pois a velocidade máxima dentro do parque é 35 milhas/hora (cerca de 50 km/h), sendo que alguns pontos é de 25 milhas/hora (cerca de 40 km/h). Nós demoramos mais de quatro horas para percorrer toda a Skyline, porque, como falei, o lugar é lindo e toda hora queríamos parar para tirar fotos e apreciar a paisagem.

Nós começamos a Skyline pelo "final", digamos assim, porque a milhagem conta de Front Royal para Rockfish Gap. Os dois sentidos são lindos, e há pontos de parada dos dois lados da estrada, mas é bem tranquilo ir de um para outro: a estrada é apenas uma via subindo e outra descendo, e como ninguém pode andar a mais de 35 milhas/hora (apesar de alguns andarem), fica fácil atravessar a pista para parar do outro lado.

Quando nós entramos no parque, a guarita para pagamento estava fechada, com uma placa para pagar na saída (ou seja, em Front Royal, lá em cima da Virgínia). Mas mesmo assim havia mapas disponíveis ao lado da janela de pagamento da guarita, então se acontecer o mesmo com você, não se preocupe, o mapa está garantido!

Começamos a subir achando tudo lindo e maravilhoso, e parando em todos os pontos de observação. Mas aí nos demos conta de uma coisa: se parássemos em todos, iríamos chegar em Washington só no dia seguinte. Então, infelizmente, fizemos escolhas de pararmos só onde percebíamos que o visual era diferente. Mesmo assim, valeu a pena cada segundo!

O caminho é todo cercado por árvores. Como viajamos no inverno, a maioria estava sem folhagem, mas mesmo assim, linda! E tivemos a certeza de algo que já planejávamos: vamos voltar ao menos uma vez no outono, quando as folhas ficam com cores diferentes umas das outras. E, claro, vamos também uma vez ao menos fazer o caminho inverso.

A viagem é bem tranquila e agradável. Faça como nós: reserve um dia para fazer com calma, não saia com tempo marcado para acabar porque você não sabe quanto vai gastar nesta estrada. Achamos que faríamos em pouco mais de 3 horas, acabou sendo mais de 4. Não há como planejar. O lugar é lindo e merece apreciação.

Há dois pontos altos da viagem que valem ser destacados, além, claro, do visual lindo: nas pedras e na saída do túnel havia água congelada devido ao frio (o que tornou tudo um espetáculo diferente para nós), e em dois lugares nós vimos cervos se alimentando. Foi muito fofo poder observá-los e tirar fotos. Dois deles ficaram até abanando o rabinho enquanto eu dava ré no carro para a Gra poder fotografá-los. Muita preciosidade!

Como mencionei acima, há banheiros disponíveis durante o percurso, todos com papel e sabão. E também lugares para piquenique, caso você queira parar para comer. E, em dois pontos da estrada, há Visitor Center, para informações - mas veja antes de ir se estarão abertos. Como fomos no inverno, estavam fechados - ainda bem que não precisamos deles (risos).

Acabamos a viagem e seguimos rumo a Washington para devolver o carro alugado. Cansadas, depois de um dia inteiro na estrada, mas felizes e maravilhadas com um passeio lindo demais! Vale muito a pena fazer o trajeto da Skyline Drive.

Rotas com Sabor

  • Instagram Graciela
  • Instagram Flávia

Nossas Rotas

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now