©2019 by Flávia e Graciela Mayrink. Proudly created with Wix.com

Universal Studios

Por Flávia Mayrink

Começando a maratona de parques temáticos

Nós sempre fazemos os dois parques da Universal em 3 dias. Foram apenas 20 dólares a mais e, desta forma, conseguimos aproveitar melhor os simuladores. Dá tempo (com folga) de ir em todos, quantas vezes quisermos.

 

Costumamos dividir o roteiro da seguinte forma: primeiro dia Universal, segundo Island e no terceiro voltamos nos simuladores que mais gostamos. Ou em algum que por acaso não deu tempo nos outros dois dias. Geralmente dá tempo de fazer todos.

 

Começamos a maratona de parques temáticos no dia 23 de janeiro de 2020, pela Universal Studios. O parque abriu 9h, e já estávamos lá! Assim que entramos, fomos para o Despicable Me (ou Meu Malvado Favorito), pois estava com fila de apenas 10 minutos. Ele é em uma espécie de auditório, dividida em "carrinhos" para 4 pessoas. Você coloca um óculos 3D e assiste um filme com as personagens, enquanto o carrinho vai simulando os movimentos de acordo com a história. Bem legal e tranquilo para as crianças.

 

Em frente a ele fica o Sherk, que estava sem fila porque é em um teatro muiiiito grande. Também com óculos 3D, mas desta vez sem muitos movimentos, você assiste um filme com algumas interações. E também tranquilo para crianças.

Saímos do Sherk e fomos comer pipoca, pois somos viciadas e já estávamos quase em crise de abstinência! E as pipocas em parques temáticos são sempre maravilhosas, não dá para resistir.

 

Fomos para o Transformers. Nós amamos todos os filmes, e este é um dos melhores simuladores da Universal, na nossa opinião. Você entra em um carrinho que vai andando enquanto algumas imagens em 3D (novamente com óculos) vão passando e interagindo com os movimentos. Este não é tão tranquilo quanto os dois primeiros, mas dá para as crianças irem numa boa - desde que tenham altura mínima exigida, que não sabemos qual é porque nunca prestamos atenção nisso (risos).

 

De lá, fomos para a área dos Simpsons, tiramos várias fotos e aproveitamos para comer um sanduíche de frango frito no waffle (uma delícia), no Moe's Tavern. Não dá para ir em Springfield e não passar por lá, não é mesmo?

 

Como havia uma fila de 25 minutos nos Simpsons, após comer fomos para o MIB, que não tinha fila. Este é um simulador legal para crianças e para quem ama videogame, pois você senta em um carrinho e tem uma pistola na frente para tentar matar o máximo de aliens possíveis. Quando acerta, você vai marcando pontos.

O MIB fica ao lado da nova parte do Harry Potter na Universal (Diagon Alley). Não somos fanáticas pela série, a Gra leu os livros e eu apenas vi os filmes, então para nós é um lugar legal para visitar, andar nos simuladores, tirar fotos e pronto. Mas quem é fanático mesmo gosta de passar o dia todo por lá. Não conseguimos ir no simulador hoje, pois quando passamos havia tido algum problema e iria ficar fechado por algumas horas. Como ainda temos 2 dias no complexo, deixamos para depois.

Quando saímos desta área, começou a chuviscar e, como estava friozinho, quisemos tomar um chocolate quente. Resolvemos então sair para o City Walk, que é uma área de lazer da Universal que tem na entrada dos parques (e onde não precisa de ingresso para ir), para tomar um com cinnamon, que nós amamos! A Cinnabon ficou muito conhecida no Brasil com a série Better Call Sal. Eu indico a todos que forem aos Estados Unidos. Fico sempre no Brasil sonhando com os pãezinhos de canela com creme deles - são maravilhosos!

Depois de comer, voltamos para a Universal e fomos para o simulador dos Simpsons. Ele é muito legal, pois é o antigo Back to the Future, só mudando as imagens. Agora é em desenho animado, o que para mim ficou bem melhor porque tenho medo de altura, e quando fui no simulador do Back to the Future quase morri! Já o dos Simpsons não me dá medo.

Saímos dos Simpsons e fomos para o E.T. Muitas pessoas falam que não gostam dele porque é bem bobinho. Sim, ele é, mas E.T. foi um filme que marcou a nossa infância (sim, somos velhas!rs), então é sempre emocionante ir nesta atração. E foi uma forma de nos despedirmos, já que soube que a Universal vai fechá-la definitivamente.

Para encerrar o parque, íamos para o simulador da Múmia - o melhor, na nossa opinião. Mas quando passamos pelo Transformers estava sem fila alguma, então entramos mais uma vez nele, antes de seguirmos para o da Múmia.

Como falei, o da Múmia é o melhor. Ele é uma espécia de montanha russa fechada, você tem vários movimentos de montanha russa, exceto looping, e como é quase no escuro, não dá para ver a altura. Então neste eu vou tranquila. Só para constar, fomos duas vezes nele!

Saímos do parque quando ele fechou, às 19h.

DICA: Se você for aos parques, tanto da Universal quanto da Disney, e os simuladores estiverem com filas grandes, há uma opção mais rápida - desde que você não se importe de se separar do seu grupo. São os "single rides". Existe esta fila para pessoas que estão sozinhas, pois os assentos dos simuladores costumam ser para 4 ou 6 pessoas. Então se chega um grupo de 3 ou de 5, sobra 1 lugar vazio. Aí entra quem estiver na fila do single ride, que sempre anda bem mais rápida do que a normal.

Rotas com Sabor

  • Instagram Graciela
  • Instagram Flávia

Nossas Rotas

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now